10 recomendações essenciais para melhorar sua segurança em 2020

Em nosso artigo hoje preparamos recomendações básicas, mas essenciais, para você começar a melhorar a segurança do seu ambiente.

Segundo o relatório da IDC, uma das previsões para os próximos anos é que até 2022, 70% das empresas integrarão o gerenciamento de nuvem em seus ambientes.

Sendo assim, para te ajudar a se proteger diante desse cenário, trouxemos 10 maneiras comprovadas de obter mais controle e segurança cibernética:

Comece evitando a mesma senha para várias contas. Quando o invasor consegue acesso à uma conta, ele pode facilmente levar acessar todas as outras que utilizem a mesma senha e ID de usuário.

É hora de ir além das notas post-it e planilhas abertas para gerenciar suas senhas. Se você não tiver certeza de que os gerenciadores de senhas valem a pena, é possível adicionar uma camada adicional de segurança às contas pessoais e profissionais que sendo que algumas até notificam quando uma conta que você possui pode ter sido violada e recomendam uma nova senha.

Os sistemas SSO usam tokens temporários que provaram ser mais confiáveis ​​do que credenciais estáticas. Um dos principais objetivos do SSO é autenticar sua identidade e fornecer acesso aos aplicativos e recursos do sistema que você precisa e tem direito de acesso para realizar o trabalho. Uma das grandes vantagens dos mecanismos de SSO é a simplificação na gestão de credenciais, principalmente as com acesso privilegiado.

No mundo de acesso privilegiado, as operações de segurança passaram a implementar cofres de senhas. Os cofres de senha são semelhantes aos gerenciadores de senhas., entretanto, as credenciais privilegiadas são registradas e retiradas pelos administradores, com possibilidade de rotação automática de senhas sem interação humana, garantindo maior randomização.

Todo e qualquer dispositivo que acesse o ambiente deve ser protegido, para que haja um número mínimo de superfície para ataques.

Existem diversas opções para aquisição de conhecimento sobre ciber segurança disponíveis no mercado. Um exemplo interessante são os cursos oferecidos pelo LinkedIn Learning, com 553 cursos disponíveis hoje, focados em diversas vertentes para segurança cibernética e que você pode aproveitar para proteger os sistemas da sua empresa e os seus. Estes treinamentos estão disponíveis atualmente em inglês para os assinantes premium, o que ao nosso ver pelo valor da assinatura valem muito a pena os cursos. Você pode encontrar todos os 553 cursos aqui.

Os cibercriminosos estão se tornando cada vez mais sofisticados no uso de plug-ins de navegador para exibir mensagens solicitando suas informações de login e senha para sites.Combinando as informações mais recentes do LinkedIn, Facebook, Twitter e outros sites, os hackers geralmente têm como alvo novos funcionários que representam um CEO e outros executivos de nível sênior. As tentativas de spear-phishing podem ser facilmente frustradas, chamando o suposto remetente para perguntar se a solicitação é legítima. Uma segunda maneira de identificar tentativas de phishing e spear-phising é ficar atento a palavras com erros de ortografia, endereços de email questionáveis ​​e domínios e sites não seguros. O elemento humano sempre será o elo mais fraco da segurança, sendo muito importante a implantação de um programa contínuo para conscientização de segurança.

O sucesso de uma estratégia para dispositivos pessoais com acesso aos dados corporativos, o chamado BYOD, é medido pelo quão rápido você consegue desligar o acesso a dados e sistemas confidenciais. Ser capaz de bloquear imediatamente o acesso a sistemas e dados confidenciais é o aspecto mais importante da segurança de qualquer BYOD em uma rede. É comum que as estratégias de ativação de BYOD incluam integrações com plataformas em nuvem, tais como Office365, Google Suite, Dropbox, Slack, Salesforce dentro outros.

O MFA é baseado em três ou mais fatores que podem autenticar quem você é. Algo que você sabe (senhas, PINs, código funciona), algo que você tem (um smartphone, dispositivos de tokens que produzem pinos ou pinos predefinidos) ou algo que você é (biometria, reconhecimento facial, impressões digitais, íris e digitalizações de rosto). O Google, por exemplo, fornece o MFA como parte de seu gerenciamento de contas a todos os titulares de contas, além de uma verificação completa de segurança, útil para ver quantas vezes uma senha foi reutilizada.

Embora nem todos os usuários de uma organização tenham acessos privilegiados, cabe a cada indivíduo assumir a sua responsabilidade de segurança cibernética para garantir que os dados da empresa não sejam facilmente explorados.

Aplicar os conceitos básicos apresentados neste artigo pode evitar verdadeiros desastres corporativos, tais como roubo de credenciais e dados, infecções e paralisação de ambientes.

Há várias formas e ferramentas que podem ser utilizadas em conjunto com estas boas práticas para melhor ainda mais o ambiente.

Nossa equipe especializada está a disposição para te orientar e oferecer as melhores soluções e serviços de segurança cibernética. Entre em contato:

Compartilhe:

Fale Conosco

*campos obrigatórios